Notícias, Prevenção

Brasil tem 123 casos de sarampo confirmados em 2019

12 jun 2019 • Felipe Nascimento

O Ministério da Saúde confirmou 31 novos casos de sarampo no Brasil. De acordo com o último informe epidemiológico, divulgado na sexta-feira (7), o país atingiu a marca de 123 casos até o momento, em 2019. A maioria desses registros ocorreu no estado de São Paulo, com 21 novas confirmações. Além disso, no Pará e no Rio de Janeiro foram registradas 5 novas confirmações da doença.

A pasta havia cogitado realizar uma campanha nacional, mas na sexta-feira o ministro Luiz Henrique Mandetta descartou essa hipótese. Entretanto, ele garantiu que os estados que solicitarem a vacina contra sarampo ao governo federal a receberão com prontidão.

Na última segunda-feira (10), a cidade de São Paulo deu início a uma campanha de vacinação. A meta é imunizar 2,9 milhões de pessoas e evitar que a doença se espalhe pela capital. Segundo a Secretaria Estadual, a medida foi definida entre o Ministério da Saúde e a Prefeitura de São Paulo ao considerar que a capital é “um grande ponto de chegada e saída de viajantes de todo o mundo”.

Em todo o estado foram notificados 418 casos suspeitos de sarampo desde o início do ano até 5 de junho. Desse total, 12,2% foram confirmados e 41,2%, ocorre entre a população de 20 a 29 anos de idade. Alguns casos são importados, quando pessoas já chegam ao país com a doença e outros são autóctones, isto é, pacientes que pegaram a doença no Brasil.

PREVINA-SE!
O sarampo é uma doença viral aguda, altamente contagiosa, que provoca febre, tosse, coriza, e manchas no corpo. A transmissão do vírus é direta, de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente. Erradicada no país desde 2016, a doença voltou a ser registrada no ano passado e, embora esteja controlada, há sempre o risco de que uma possível queda no número de imunizados permita que o vírus se espalhe.

Quem tomou as duas doses da vacina depois de ter completado um ano de vida já está imunizado. Portanto, quem não tomou as doses recomendadas depois do primeiro aniversário deve receber uma ou duas doses. Caso tenha perdido sua carteira de vacinação, ou você não sabe se tomou a vacina, ou se já teve a doença, procure o serviço médico para realizar a imunização. Não há complicação de uma terceira dose.

A Rede Credenciada da Amafresp tem cobertura contra o sarampo. Confira aqui e previna-se!