Notícias, Prevenção

8 doenças que causam cansaço excessivo

04 dez 2018 • Fabieli de Paula

A fadiga pode indicar simplesmente que a pessoa se sente sobrecarregada e precisa de tempo para descansar, mas pode também ser indício de algumas doenças, como anemia, diabetes, alterações da tireoide ou até mesmo depressão

O cansaço excessivo pode indicar, além de falta de tempo para descansar, algumas doenças como anemia, diabetes, alterações da tireoide ou até mesmo depressão. Nesse caso, o paciente se sente sempre cansado e não tem forças para realizar seu trabalho com excelência.

Ao identificar o cansaço frequente é aconselhado observar se existem outros sintomas associados e buscar auxílio médico para iniciar o tratamento adequado.

As 8 doenças que podem causar cansaço excessivo são:

1. Diabetes
A diabetes causa cansaço frequente porque nela a glicose do sangue não chega a todas as células e por isso falta energia no corpo para realizar as tarefas do dia a dia. Além disso, o excesso de açúcar no sangue faz o indivíduo urinar mais, leva ao emagrecimento e diminuição dos músculos, assim é comum os diabéticos queixarem-se de cansaço muscular.

• Que médico procurar: diabetologista ou endocrinologista, e os exames indicados são glicemia em jejum e o teste de glicemia.

• O que fazer para combater a diabetes: deve-se tomar os remédios receitados pelo médico e ter cuidados com a alimentação.

2. Anemia
A falta de ferro no sangue pode causar cansaço, sonolência e desânimo. Nas mulheres esse cansaço se torna ainda maior na época da menstruação, em que as reservas de ferro no organismo diminuem ainda mais.

• Que médico procurar: clínico geral, e o exame indicado é o hemograma.

• O que fazer para combater a anemia: deve-se consumir alimentos ricos em ferro, de origem animal e vegetal, diariamente. Alguns exemplos são: carnes vermelhas, beterraba e feijão.

3. Apneia do sono
A apneia do sono é caracterizada pela falta de ar nos pulmões durante o sono, que pode acontecer por breves períodos, várias vezes durante a noite, prejudicando o sono e o descanso do indivíduo. Ao dormir mal, é normal acordar muito cansado, ter cansaço muscular e sentir sono durante o dia.

• Que médico procurar: médico especialista em distúrbios do sono, que pode solicitar um exame chamado polissonografia.

• O que fazer para combater a apneia do sono: é importante descobrir a causa para adequar o tratamento, que pode envolver dieta e uso de uma máscara de CPAP, própria para dormir.

4. Depressão
Um dos sintomas típicos da depressão é o cansaço físico e mental frequente, em que o indivíduo fica sem ânimo de realizar suas tarefas diárias e até mesmo de trabalhar. Apesar de ser uma doença que afeta a parte mental da pessoa, ela também acaba afetando o corpo.

• Que médico procurar: o mais indicado é o psiquiatra.

• O que fazer para combater a depressão: é aconselhado ser acompanhado por um psicólogo ou psiquiatra que pode indicar o uso de medicamentos, em alguns casos.

5. Fibromialgia
Na fibromialgia há um cansaço frequente que persiste por anos, além de um aumento a sensibilidade à dor. As dores constantes podem causar dificuldade de concentração e, como afeta o sono, a pessoa já acorda cansada, como se não tive descansado nada durante a noite.

• Que médico procurar: reumatologista, que pode solicitar uma série de exames para excluir outras causas, mas o diagnóstico pode levar anos.

O que fazer para combater a fibromialgia: recomenda-se tomar os remédios receitados pelo médico, fazer exercícios como pilates, yoga ou natação para promover o alongamento dos músculos e mantê-los devidamente fortalecidos e mais resistentes à dor.

6. Doenças cardíacas
A arritmia e o entupimento das artérias podem causar cansaço e tonturas frequentes. Nesse caso, o coração não tem forças suficientes para fazer uma boa contração e enviar sangue para todo o corpo; por isso, o indivíduo está sempre cansado.

• Que médico procurar: cardiologista, que pode pedir exame de sangue e eletrocardiograma, por exemplo.

• O que fazer para combater as doenças cardíacas: ir ao cardiologista e tomar os remédios receitados por ele. Além disso, cuidar da alimentação, evitando gorduras e açúcar, e praticar exercícios supervisionados.

7. Infecções
As infecções como gripes e resfriados podem causar muito cansaço porque, nesses casos, o corpo tenta usar todas as energias para combater os micro-organismos envolvidos. Aqui, além do cansaço pode-se observar outros sintomas, como a febre e a dor muscular, que devem ser investigadas pelo médico.

• Que médico procurar: clínico geral, que pode pedir exames de sangue ou outros mais específicos, dependendo dos sintomas envolvidos.

• O que fazer para combater as infecções: após descobrir de que infecção se trata, o médico poderá prescrever o medicamento para curar a doença. Ao seguir todas as recomendações médicas, a cura pode ser alcançada e o cansaço desaparece.

8. Alterações da tireoide
Como os hormônios tireoidianos são responsáveis por manter o metabolismo acelerado, quando estão afetados o cansaço se instala.

• Que médico procurar: endocrinologista, que pode pedir o exame de sangue TSH, T3 e T4.

• O que fazer para combater alterações na tireoide: é importante tomar os medicamentos receitados pelo médico para manter os níveis hormonais sob controle, porque assim o metabolismo volta ao normal e o cansaço desaparece.

Encontre um tempo para descansar

Uma das melhores formas de combater o cansaço é ter tempo suficiente para descansar e para dormir um sono reparador. Agendar umas férias pode ser uma boa solução para diminuir o estresse e o ritmo de trabalho, mas se essas iniciativas não forem suficientes, deve-se ponderar a possibilidade de marcar uma consulta médica para investigar o que pode estar causando o cansaço excessivo.

Fonte: Site Tua Saúde