Sem categoria

Entenda como funciona a coordenação Amafresp

30 mar 2015 • Fabieli de Paula

 Veja nesta reportagem como funciona a coordenação operacional da Amafresp.

O trabalho da Coordenação é muito dinâmico. A atuação ocorre de acordo com as demandas e projetos em execução. O coordenador, Alexandre Palácio, define que a principal atividade do seu cargo é a organização dos projetos .”É necessário ter uma visão sistêmica de como a Amafresp funciona. Todo projeto deve considerar os impactos nos setores da Amafresp e da Afresp”, disse.

Segundo Palácio, os principais desafios da coordenação estão ligados à integração dos departamentos e sistemas de informática, cumprimento dos prazos determinados pela Agência Nacional de Saúde ANS e a busca pela melhoria nos processos. O coordenador explica que a maioria dos projetos atuais está relacionada às exigências da Agência Nacional de Saúde (ANS). “Apesar de executar as exigências da ANS como prioridade, temos como premissa buscar oportunidades nessas mudanças e aproveitar para melhorar processos internos e externos”.

Confira abaixo os principais projetos que possuem a participação do coordenador Alexandre Palácio:
– Autorize: Um sistema de informática que tornará o sistema de autorizações integrado e eletrônico. A comunicação entre a Afresp e os prestadores ocorrerá em tempo real e será totalmente conectada;

– Novo sistema de Recurso de Glosas e Demonstrativo de Análise de Contas;

– Projeto de digitalização dos contratos de prestadores de serviço, transformando toda a documentação, hoje, em papel, em arquivos eletrônicos. Com esse projeto, os profissionais da Amafresp terão mais agilidade e facilidade para a consulta dos documentos. Isso também resultará em mais espaço físico para outras atividades importantes;

-Novo sistema de gestão do Protocolo e Análise de Contas. O sistema é um projeto de 2014 e já está em funcionamento, porém está sendo aprimorado continuamente.

-Atualização da versão do Mobile : Está em avaliação uma nova versão do aplicativo, para celular ou tablet, que busca a rede credenciada. A nova versão trará novas funcionalidades ao serviço.

O profissional da Amafresp também desenvolve relatórios para auxiliar nas decisões dos setores, gerência e da Diretoria, , e participa e coordena as atividades para o cumprimento das exigências legais, como, por exemplo, TISS – Troca de Informações em Saúde Suplementar, atualização dos contratos dos prestadores de serviço e das atualizações do Portal Corporativo.