Notícias, Rede Credenciada

Amafresp recebe proposta de reajuste de 11,07% do Hospital Sírio Libanês

12 mar 2018 • Fabieli de Paula

A diretoria da Amafresp realizou, no dia 7 de março, uma reunião com representantes do Hospital Sírio Libanês para discutir a proposta de reajuste contratual, equivalente a 11,07%, e discutir a revisão do fluxo operacional.

Na reunião, foi explanado que o reajuste é incompatível com o atual cenário da Amafresp e que propostas nesses patamares não serão aceitas. Durante o encontro, o diretor Renato Chan lembrou o início das cobranças de franquias, a autorização presencial para procedimentos e a coparticipação na realização de exames no Sírio, em março de 2017, como exemplos de medidas duras, mas necessárias para a gestão eficiente de custos do plano.

“Isso, claramente, reduziu o faturamento do Sírio Libanês, mas o que estamos propondo a eles e a todos os nossos outros fornecedores é uma forma de relacionamento sustentável para ambos os lados; por exemplo, mudança da forma de cobrança dos serviços prestados e eficiência no processo. Desta forma, os ganhos ocorreriam com a economia interna, e não simplesmente com o repasse de preço para o nosso associado ”, explicou Renato Chan.

Participaram da reunião, representando a Amafresp, o diretor, Renato Chan; a gerente, Rosângela Lázaro; os coordenadores, Alexandre Palácio e Liliana Barros; e colaboradora do setor de Credenciamento Médico, Elisangela Carlini. Pelo Hospital Sírio Libanês, estiveram presentes a superintendente comercial Kelly Ildefonso, Samara Nunes, coordenadora comercial, Cinara Gutierrez, diretora de Relações com Mercado; e outros. Além dessa reunião, novos encontros serão realizados nas próximas semanas.