Sem categoria

Mesmo com alta dos custos em saúde, cota da Amafresp registra queda nos últimos meses

12 jun 2017 • Fabieli de Paula

O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (ISS) divulgou recentemente que o Índice de Variação dos Custos Médico-Hospitalares (VCMH) registrou alta de 19,4%, nos 12 meses, encerrados em setembro de 2016. Essa é a maior variação para o período registrada pelo indicador desde o início da série histórica, em 2007. A título de comparação, a inflação geral do país, medida pelo IPCA, ficou em 8,5% no mesmo período.

O resultado da VCMH é bastante negativo, principalmente por apontar recorde no aumento dos custos, enquanto o setor da saúde suplementar continua a registrar quedas consecutivas no total de beneficiários de planos médico-hospitalares. Vale lembrar que, além dos custos assistenciais em alta e da redução do total de vínculos, o setor ainda recebeu autorização da ANS para reajuste das contraprestações dos beneficiários de 13,55%.

Apesar desta conjuntura, nestes últimos meses, a cota da Amafresp registrou queda de aproximadamente 5%. “Este é o resultado de um trabalho focado na gestão estratégica, que não só prioriza a excelência no atendimento e qualidade de vida dos filiados, mas também busca a otimização dos custos e redução dos desperdícios”, assegurou o diretor da Amafresp, Alexandre Lania Gonçalves.

Lania explicou que esta redução aconteceu devido a ações como: o pagamento de diferença de tabela para exames ambulatoriais, realizados no hospital Sírio Libanês; os programas Saúde do Idoso e Geriatra de Confiança, além da utilização da ferramenta de BI Gesto.  “Estas importantes medidas amenizam as altas variações na inflação da área de saúde”, disse. Ele também acredita que estas ações continuarão repercutindo para a manutenção da cota.

Melhor custo-benefício do mercado
Ao comparar os valores praticados pela Amafresp com os de outros planos coletivos por adesão, fornecidos por entidades de Classe, que têm coberturas parecidas e rede de hospitais similares às oferecidas pela nossa autogestão, fica evidente que a Amafresp continua oferecendo o melhor custo-benefício do mercado. “Em todas as faixas etárias, o nosso plano apresenta preço competitivo, inclusive se comparado com os convênios que cobram coparticipação”, afirmou Lania.

Você já comparou? Faça o teste e comprove que a Amafresp oferece o melhor custo-benefício!